Archive for dezembro, 2007

Transposição do São Francisco: Letícia Sabatella é alvo de censura petista

Apesar de não estar ligado diretamente a realidade do nosso curso, tá aqui no Blog pra mostrar como a mídia Global e Burguesa não dá visibilidade a coisas importantes e Como o PT é andidemocrático e direitoso:

Assine a Carta de apoio a D. Luiz Cappio à favor da VIDA do Rios São Francisco!

Transposição do Rio São Francisco: Por se solidarizar com Dom Luiz Flávio Cappio, Letícia Sabatella é alvo de censura petista na Bahia.

Matéria da Folha de SP: “NINGUÉM ENGOLE ISSO”

Mônica Bergamo – FSP, 13/12/2007

A atriz Letícia Sabatella disse que tentaram cortar o som do seu microfone quando lia uma carta do bispo dom Luiz Flávio Cappio, que faz greve de fome contra a transposição do rio São Francisco, em comemoração ao Dia Mundial dos Direitos Humanos em Salvador (BA), no domingo. O evento foi organizado pelo governo da BA -que é do PT e apóia a transposição- e patrocinado pela Petrobras. O ator Marcos Winter, que estava lá, contou que ouviu de um organizador: “Esse ator nunca mais sobe no palco”. A Petrobras e o governo da Bahia negam que houve problema.

FOLHA – O que aconteceu?
LETÍCIA SABATELLA – Eu tinha acabado de encontrar Dom Cappio em Sobradinho. Eu não perguntei se poderia ler [a carta]. Não fui totalmente educada. Mas não imaginei que seria tão inconveniente em se tratando de uma questão relacionada a direitos humanos. O diretor do evento ficou chocado no primeiro momento. Ele falou: “Isso é uma sacanagem. Isso não foi combinado”. Eu respondi: “Sacanagem é ele [dom Cappio] não poder ser ouvido”. Aí ele falou: “Você foi autoritária”. “Autoritário é impor um projeto de cima para baixo, sem debate”, respondi. Fizemos um atentado cultural. Brinquei com Marcos: “Talvez a gente nunca mais receba apoio da Petrobras”.

FOLHA – E acha isso mesmo?
SABATELLA – Eu não acredito. Agi por impulso amoroso, pelo bispo. Quero que as pessoas tenham direito de debater e que saibam que há projetos alternativos para o semi-árido. A palavra dele [bispo] é firme, séria. O governo está com a palavra desgastada, não dá para confiar.

FOLHA – Só uma pessoa reclamou?
SABATELLA – Tinham pessoas que apontavam o dedo para baixo… Era tanto estresse atrás [do palco], o moço tentando desligar o som, aí não consegui continuar, deu um branco, mas depois voltei a falar.

FOLHA – Você tem sido perseguida em razão do apoio a dom Cappio?
SABATELLA – Não sinto perseguição. Trabalho até hoje como atriz, na Rede Globo, com os melhores trabalhos. Entendo eles terem ficado chocados porque achavam que aquilo [o evento] era o suficiente para o dia dos direitos humanos. Por que eu tinha que acrescentar mais uma coisa tão difícil de engolir? É difícil engolir a transposição. Taí a prova do dom Cappio. Ninguém engole isso.

Folha de São Paulo, 13 de dezembro de 2007

Por uma mídia DEMOCRÁTICA e a Serviço do povo: www.midiaindependente.org

Anúncios

dezembro 17, 2007 at 1:14 am Deixe um comentário

D. Cappio entra no 12º dia de jejum

Caravanas do interior da Bahia, de Pernambuco, de Sergipe e de Alagoas começaram a chegar nesta manhã a Sobradinho, na Bahia, 554 quilômetros a noroeste de Salvador, para o ato ecumênico previsto para a manhã de domingo, em apoio ao bispo de Barra, d. Luiz Flávio Cappio, que hoje entrou no 12.º dia de jejum contra o projeto de transposição do Rio São Francisco. Espera-se que 10 mil pessoas, entre religiosos, fiéis e integrantes de movimentos sociais de todo o País compareçam ao evento.

Também passou o dia na cidade a atriz Letícia Sabatella – causando certa confusão nos arredores da Capela de São Francisco, onde o bispo está hospedado. Integrante do Movimento Humanos Direitos – organização não-governamental comandada pela também atriz Dira Paes -, Letícia chorou ao falar com o bispo. “Ele é um exemplo para todos nós”, acredita. Durante a semana, o movimento havia mandado uma carta de apoio ao bispo, assinada por 48 integrantes.

Cada vez mais abatido, mas firme no propósito de ingerir apenas soro caseiro – pelo menos três litros por dia, segundo recomendação médica -, Cappio acordou antes das 5 horas, disse se sentir bem e seguiu seu ritual de orações e de recepção aos fiéis.

Durante o dia, reafirmou que seu protesto será levado “até o fim” caso o Exército não deixe os canteiros de obras e o projeto não seja arquivado. “Não quero morrer, mas a vida do rio e do povo do rio vale meu sacrifício e meu martírio, se for preciso”, acredita. O bispo também voltou a afirmar que, para ele, o projeto de transposição é uma “farsa de marketing”, que usa a imagem da erradicação da sede no interior nordestino para “aplacar a sanha pela acumulação ilimitada de capital”.

“É um absurdo usar o imaginário da seca para justificar a implantação do mercado da água bruta no sertão do Nordeste, feito para abastecer grupos econômicos que precisam do uso intensivo de água”, ataca. “O que não se mostra é que esta ameaça pode ser fatal para o rio – e para a população que vive dele -, como já é perceptível aqui em Sobradinho, onde o reservatório, construído há 30 anos, está com menos de 14% da capacidade”.

dezembro 9, 2007 at 1:12 pm Deixe um comentário

90 anos da REVOLUÇÃO RUSSA – Debate

Temos alguma coisa para aprender com a Revolução Russa?

Os escritos de MARX ainda podem colaboram com a discussão de Saúde, produção de tecnologia e conhecimento?
Nós achamos que sim, participe:

Quando? 11/12. 19h
Onde? No anfiteatro 100, na reitoria da UFPR.

Apareeeeça!

dezembro 6, 2007 at 9:59 pm Deixe um comentário

Relato importante da Reunião do Colegiado.

Salve povo da Farmácia, temos (o CAF) informes importantes da Reunião do COLEGIADO: Optativas, Disciplinas de férias e etc.

Primeiros gostaríamos de pontuar que não fomos convocados para a reunião do Colegiado, que aconteceu hoje, isso prejudicou um pouco nossa organização. O professor Paulo Wunder nos disse que foi um problema da secretária da Coordenação que ainda não está habituada ao trabalho, mas que isso não mais ocorrerá.

Queremos agradecer aos períodos que compareceram a reunião de representantes de turma, pois colaboraram na formulação que hoje entregamos a coordenação e que possibilitou a resolução ou pelo menos o apontamento de solução de vários problemas. Pedimos que nas próximos períodos TODOS os períodos participem e colaborem na construção coletiva.

1. Solicitamos à coordenação que disponibilize no sítio da coordenação mais específicas sobre a monografia. Foi nos informado que por hora isso não será possível por problemas técnicos e o Coordenador pediu a colaboração do CAF para que disponibilize isso pelo BLOG. Então de tempos em tempos dêem uma olhadinha no BLOG do CAF: www.cafufpr.wordpress.com

No início do próximo semestre tod@s aquel@s que desejarem (e estiverem dentro dos requisitos) iniciar suas Monografias (TCC) devem entregar na Coordenação: O nome de seu orientador e o tema da monografia, mais para frente a coordenação dará mais informações sobre as matrículas. Em anexo está o documento que “rege” a monografia.

2. As reclamações e sugestões sobre professores específicos e as questões que tratam sobre a reformas curricular foram encaminhadas ao Coordenador para que ele tome as providências cabíveis. Priorizamos a discussão dos problemas mais urgentes na reunião do Colegiado.

3. Optativas:

3.1 Já está acontecendo uma disciplina optativa de Biologia Molecular, ministrada pelos professores: Geraldo e Cyntia. Infelizmente o CAF só ficou sabendo hoje cedo. O professor Paulo nos disse que achava que os professores responsáveis haviam divulgado de forma que tod@s tivessem chances iguais de participar da disciplina. Caso alguém ainda tenha interesse em fazer a disciplina entra em contato com os professores da disciplina ou com o professor paulo. O telefone da Coordenação é: 33604049 ou 33604099

3.2 Foi garantido pela coordenação que no período de férias haverá a disciplina de VIROLOGIA. Assim que for fechado as datas a coordenação enviará mais informações ao CAF, então olhe o BLOG e ligue na coordenação ( 33604049 ou 33604099).

3.3 Existe a possibilidade da oferta da disciplina de primeiros socorros, a coordenação irá correr atrás disso e assim que tiver informações certas nos enviará.

3.4 Em março, no período “noturno” será oferecida a disciplina Optativa de Controle e gerenciamento de qualidade analítica pelo professor Geraldo.

3.5 Na reunião anterior do colegiado foi aprovado que as disciplinas feitas em outros departamentos serão validadas como optativas (desde que tenham relação com saúde e/ou farmácia ou que de alguma forma contribuam na formação do “futuro farmacêutica”). Exemplo:EP041-Educação Popular ou Vacinologia da Biotecnologia. Então quem realizar ou realizou disciplinas eletivas que tem esse perfil passe na coordenação para regularizar isso.

3.6 A coordenação comprometeu-se a enviar um ofício aos departamentos que fornecem disciplinas para nosso curso solicitando uma relação de disciplinas que esse departamentos podem fornecer como optativas.

4. Foi negado o pedido de autorização para realização de Estágio Obrigatório em Farmácia nas férias de janeiro. As justificativas são: os estudantes não podem realizar estágio sem matrícula e sem a anuência dos professores responsáveis pelo estágio e por não terem realizado a disciplina de atenção farmacêutica II. O estágio obrigatório em farmácia poderá ser realizado à partir do 9º período, podendo ser realizado nas férias de julho. (mas acho melhor não perderem o ENEF).

5. Sobre a questão do estresse gerado pelo curso, com sua carga horária absurda, e todas as fontes geradoras de problemas físicos e psicológicos, o estresse foi considerado “normal”, que o curso é difícil mesmo. Essa não é a opinião do CAF, pedimos aos períodos que estão vivendo esse problema (de ter colegas indo para o hospital por conta do estresse do semestre para o hospital) que escreva relato/cartas para ser encaminhado ao colegiado/ coordenação, para que esses fatores subjetivos também sejam considerados na reformulação curricular.

6. Tutoria: Não constará mais como disciplina, o coordenador irá a PROGRAD para retirar as reprovações dos alunos. A Tutoria será recomendada como apoio aos alunos e não será mais obrigatória.

7. A coordenação comprometeu-se ao formular a grade horária do próximo semestre esforçar-se ao máximo (junto com os professores) para montar a grade de forma que os estudantes tenham aulas somente em um campus em cada turno, para evitar o vai e volta (como aconteceu esse semestre com o pessoal do 4º).

De resto:
a) foi “re-homologado” a relação de professores que faz parte da COE (comissão de estágio) para que dêem prosseguimento aos trabalhos.
b) Foi solicitado que a coordenação enviem algum documento a biblioteca pedindo que haja mais silêncio na biblioteca, pois alguns estudantes reclamaram do barulho.

Acho que era isso oficialmente. Qualquer dúvida, escrevam.

PEÇO que as pessoas pensem e atuem coletivamente, como deu para perceber dá trabalho fazer esse relato e toma tempo ir ao colegiado.Não queremos nenhum reconhecimento com isso, mas pedimos que participem das reuniões dos períodos, ajudem a realizar as atividades do CAF, na jornada acadêmica e etc. E que quando ficarem sabendo de alguma disciplina nova, de bolsas, estágios, cursos, manifestações ou sei lá o que comuniquem os outros estudantes, pois só com união vamos conseguir construir um curso de qualidade e que atenda as demandas do povo.

dezembro 6, 2007 at 9:54 pm Deixe um comentário

Nessa Segunda: Estreia da "ESCOLA de ROBÔ"

Então, segunda a noite é o Lançamento do CD da “Escola de robô”, a banda do Professor Cassyano. Ele está andando com dois sacos na mão (em um tem convite e no outro tem provas, vê se escolhe o pacto certo).

As entradas para o Era Só o Que Faltava (www.faltava.com.br) já estão à venda.

O convite custa R$ 15,00, mas com bônus é R$ 10,00. Quem compra antecipado com a gente, paga R$ 10,00 e ganha um CD da banda de brinde! No dia, também dá pra comprar com bônus por R$ 10,00 e os 50 primeiros que chegarem também ganham CD na entrada!

Pra imprimir o bônus (gratuito) é só acessar www.curitibainterativa.com.br (link promoções). Estão percebendo que a gente tá fazendo de tudo pra vocês irem, né?
Não vão furar!

E pra quem ainda não conhece as músicas, é só baixar: www.escoladerobo.com.br/musica.htm

dezembro 1, 2007 at 6:40 pm Deixe um comentário

OFICINAS para o Estágio Interdisciplina de Vivência PR/SC

As oficinas ocorrerão em três datas diferentes na semana que vem, serão as mesmas oficinas, quem tiver interesse, pode ir a qualquer uma.

O objetivo dessas oficinas é esclarecer a proposta do EIV, dar informações e tirar dúvidas de como será. Caso tenha número de inscritos superior ao número de vagas para o PR, a participação nas oficinas pode contar para a seleção, por isso quem estiver se planejando para ir no EIV é bom aparecer em alguma das oficinas.

04/12 – oficina no DCE – 15h. Ao lado do RU do CENTRO.
05/12 – oficina no CIFLOMA – 15h. No botânico, próximo a passarela.
06/12 – oficina no agrárias (FEAB) – 15h. Ao lado do RU do Agrárias.

Não percam a oportunidade, é realmente transformador. Veja o vídeo produzido pela galera que organiza o EIV em MG. Dá uma boa idéia do que acontece no Estágio.

dezembro 1, 2007 at 1:46 pm Deixe um comentário

Enade mobiliza estudantes em todo o País

Em 614 municípios brasileiros, quase 215,5 mil estudantes de 16 áreas fizeram, ontem, o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). No Paraná, entre ingressantes e concluintes, foram mais de 19,3 mil universitários inscritos. Em Curitiba, a opinião dos alunos sobre a avaliação estava dividida. Como em toda edição, teve protesto e incentivo ao boicote em todo o País.

A prova começou às 13h. Carolina Camargo e Camila Seraphim estão no 1º ano de veterinária, na Faculdade Evangélica, e foram selecionadas na amostra. Pouco antes de entrar no local de prova, Camila disse que o exame é importante para avaliar a estrutura, o ensino e os professores da instituição. No entanto, diz que não faria a prova se não fosse obrigatória. “Acho que a prova tem que ser aplicada apenas para quem está terminando o curso. Nós acabamos de entrar”, diz a estudante. Já Carolina comenta que faria, mesmo sem ter a obrigação. “Se não fizer não tem como fazer avaliação de nada”, afirma.

Boicote

No mesmo local, o estudante Bernardo Paim, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), não estava lá para fazer o exame, mas para protestar. Além de entregar adesivos de incentivo ao boicote, o rapaz explicava: “São cinco motivos, mas basicamente que o exame maquia muita coisa e não avalia nada. Algumas instituições, as privadas principalmente, utilizam os resultados disso apenas como marketing”, diz.

A estudante de análise de sistemas da Fesp, Ana Fajardo, não boicotou. Ela fez a prova e respondeu todas as questões. No entanto, confirmou o que Bernardo disse. “O conteúdo avaliado aqui não teve nada a ver com o que é passado no meu curso. Dessa forma não mede nada”, diz ela, que está concluindo o curso. “Castigo” cobrado agora.

Daniel Derevecki

Dayane: adesão ao boicote. No último ano do curso de nutrição da Universidade Federal do Paraná, Dayane Coldibeli, resolveu não fazer a prova. Ela entrou, assinou o nome e colou na folha o adesivo do movimento de boicote. “Acho que essa não é a melhor forma de avaliação. Melhor seria se fosse uma avaliação contínua, regionalizada”, sugere. O curso de Design não era um dos avaliados nesta edição. Porém, os alunos Henrique Machado e César Schrega, da Pontifícia Universidade Católica (PUC), tiveram que fazer a prova para regularizar a situação. Eles faltaram à edição para a qual foram selecionados no ano passado. “Fizemos de castigo por ter faltado, se não ficaríamos com nossos diplomas retidos”, dizem.
Em 2006, no Paraná, dos pouco mais de 36 mil inscritos, o índice de faltantes foi de 14,4%.

Exame

Os cursos avaliados foram agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, tecnologia em agroindústria, tecnologia em radiologia, terapia ocupacional e zootecnia. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) esclarece que “o Enade não avalia nem pune os alunos, mas verifica a contribuição de cada instituição no aprendizado deles. O resultado individual não é registrado no histórico escolar”.

Fonte: Paraná-Online

dezembro 1, 2007 at 1:23 pm Deixe um comentário


Tópicos recentes

Blog Stats

  • 79,896 hits

Você está no Blog do Centro Acadêmico de FArmácia da UFPR

Essa é nossa ferramenta de comunicação. Divulgação de atividades, cursos, manifestações, encontros, estágios e festas. Essa é a entidade de luta e expressão dos estudantes de farmácia da UFPR.

"Acreditar em algo e não o viver é desonesto" Gandhi.

Creative Commons License

Esse sítio está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

dezembro 2007
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031